Tiago Queiroz/Estadão
Temas do projeto incluem bioeconomia, agronegócio sustentável e cidades inteligentes, entre outros. Tiago Queiroz/Estadão

'Estadão' investe em cobertura multiplataforma sobre Retomada Verde

Em diferentes meios de comunicação e formatos, jornal vai mostrar o movimento global que ganha força no Brasil

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2020 | 05h00

A crise causada pela pandemia de covid-19 incentivou uma discussão: como retomar a economia em novas bases, de maneira mais sustentável? Batizado de Retomada Verde, esse movimento global que tem engajado cada vez mais empresários, economistas e personalidades no Brasil será tema de uma cobertura multiplataforma no Estadão, que incluirá reportagens especiais, podcasts, vídeos e conteúdos especiais para Instagram, LinkedIn, TikTok, Twitter e Facebook.

Nos próximos dias, temas como bioeconomia, cidades inteligentes, agronegócio sustentável, mudanças climáticas, mercado de carbono e um modo de vida e consumo que contemple a nova realidade do planeta estarão em destaque no portal estadao.com.br, no jornal O Estado de S. Paulo, na programação da Rádio Eldorado e em lives na TV Estadão

No dia 3 de setembro, um seminário virtual reunirá autoridades, especialistas e representantes de diferentes setores da sociedade para discutir, entre outros pontos, o que o Brasil deve fazer para passar de vilão internacional por causa da destruição da Amazônia a potência sustentável. Por meio de entrevistas com pensadores e protagonistas estrangeiros, repórteres do Estadão também mostrarão aos leitores como o movimento Retomada Verde – ou Green Recovery, em inglês – está sendo visto em outros países. 

Especializado em investimentos e finanças pessoais, o E-investidor participará da cobertura com reportagens, colunas, lives e boletins focados no conceito ESG, ligado à atuação de empresas nos setores ambiental, social e de governança.

A interação nas redes sociais será um ponto alto do especial sobre Retomada Verde. De que maneira pautas antes restritas a entidades e ambientalistas têm impulsionado mudanças na casa, no trabalho e no negócio dos brasileiros? Leitores serão convidados a opinar sobre vários assuntos relacionados à economia verde e enviar suas dúvidas para jornalistas e especialistas. Também poderão relatar suas experiências sustentáveis no dia a dia e, na série Virei a Chave, conhecer alguns bons exemplos de transformação que têm ajudado, por exemplo, a reduzir o consumo de água e energia e melhorar a reciclagem de lixo. E aí? Pronto para embarcar nessa cobertura especial?

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Jornal vai adaptar estratégias de engajamento para cada rede social

Comunidade no Facebook, desafio no TikTok e Drops especiais no Instagram serão algumas das ações adotadas pelo 'Estadão'

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2020 | 05h00

A interação e a conversa com os leitores nas redes sociais são pilares do projeto Retomada Verde. O jornal terá estratégias de engajamento específicas para cada rede social. 

No Facebook, o grupo que antes era dedicado apenas à discussão sobre coronavírus será ampliado com a inclusão de temas de meio ambiente e sustentabilidade. Criada em abril, a comunidade de 4,6 mil membros poderá continuar a esclarecer dúvidas sobre a pandemia com os médicos Jáder Freitas e Renato Grinbaum, que prestam o serviço de forma voluntária aos leitores do Estadão.

Rebatizado de Vem Pensar com a Gente, o grupo vai funcionar como um canal de interação direto com os repórteres envolvidos na cobertura sobre sustentabilidade e também com o time das redes sociais do Estadão

No TikTok, o #DesafioVerde convida nossos seguidores a mostrar o que têm feito para ajudar o planeta. Os perfis do jornal vão republicar os melhores vídeos que trazem atitudes sustentáveis, como apagar as luzes ao sair dos cômodos e poupar água na hora de lavar a louça, entre outros. Vale mostrar o que você tem feito com as famosas “dancinhas” características da rede, cantando uma música ou usando mímicas, por exemplo. O importante é ser criativo e participar com a hashtag da campanha. Também será possível participar através do recurso Reels, do Instagram

O Drops vai ganhar edições especiais sobre meio ambiente e sustentabilidade ao longo das próximas semanas, em espaço fixo dedicado à Retomada Verde. O LinkedIn vai trazer enquetes e lives com a participação dos editores do LinkedIn Brasil, além de destacar os conteúdos no boletim diário distribuído pela manhã aos usuários da rede social. 

No Twitter, o #EstadaoExplica responde em vídeo as principais dúvidas dos leitores às quintas-feiras, indicadas em enquetes na própria rede.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.