'Estadão' investe em cobertura multiplataforma sobre Retomada Verde

Em diferentes meios de comunicação e formatos, jornal vai mostrar o movimento global que ganha força no Brasil

Redação - O Estado de S.Paulo

A crise causada pela pandemia de covid-19 incentivou uma discussão: como retomar a economia em novas bases, de maneira mais sustentável? Batizado de Retomada Verde, esse movimento global que tem engajado cada vez mais empresários, economistas e personalidades no Brasil será tema de uma cobertura multiplataforma no Estadão, que incluirá reportagens especiais, podcasts, vídeos e conteúdos especiais para Instagram, LinkedIn, TikTok, Twitter e Facebook.

Nos próximos dias, temas como bioeconomia, cidades inteligentes, agronegócio sustentável, mudanças climáticas, mercado de carbono e um modo de vida e consumo que contemple a nova realidade do planeta estarão em destaque no portal estadao.com.br, no jornal O Estado de S. Paulo, na programação da Rádio Eldorado e em lives na TV Estadão

Continua após a publicidade

Temas do projeto incluem bioeconomia, agronegócio sustentável e cidades inteligentes, entre outros. Foto: Tiago Queiroz/Estadão

No dia 3 de setembro, um seminário virtual reunirá autoridades, especialistas e representantes de diferentes setores da sociedade para discutir, entre outros pontos, o que o Brasil deve fazer para passar de vilão internacional por causa da destruição da Amazônia a potência sustentável. Por meio de entrevistas com pensadores e protagonistas estrangeiros, repórteres do Estadão também mostrarão aos leitores como o movimento Retomada Verde – ou Green Recovery, em inglês – está sendo visto em outros países. 

Especializado em investimentos e finanças pessoais, o E-investidor participará da cobertura com reportagens, colunas, lives e boletins focados no conceito ESG, ligado à atuação de empresas nos setores ambiental, social e de governança.

A interação nas redes sociais será um ponto alto do especial sobre Retomada Verde. De que maneira pautas antes restritas a entidades e ambientalistas têm impulsionado mudanças na casa, no trabalho e no negócio dos brasileiros? Leitores serão convidados a opinar sobre vários assuntos relacionados à economia verde e enviar suas dúvidas para jornalistas e especialistas. Também poderão relatar suas experiências sustentáveis no dia a dia e, na série Virei a Chave, conhecer alguns bons exemplos de transformação que têm ajudado, por exemplo, a reduzir o consumo de água e energia e melhorar a reciclagem de lixo. E aí? Pronto para embarcar nessa cobertura especial?

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Jornal vai adaptar estratégias de engajamento para cada rede social

Comunidade no Facebook, desafio no TikTok e Drops especiais no Instagram serão algumas das ações adotadas pelo 'Estadão'

Redação - O Estado de S.Paulo

A interação e a conversa com os leitores nas redes sociais são pilares do projeto Retomada Verde. O jornal terá estratégias de engajamento específicas para cada rede social. 

No Facebook, o grupo que antes era dedicado apenas à discussão sobre coronavírus será ampliado com a inclusão de temas de meio ambiente e sustentabilidade. Criada em abril, a comunidade de 4,6 mil membros poderá continuar a esclarecer dúvidas sobre a pandemia com os médicos Jáder Freitas e Renato Grinbaum, que prestam o serviço de forma voluntária aos leitores do Estadão.

Continua após a publicidade

Redes sociais vão ajudar o 'Estadão' a se conectar com o leitor na discusão sobre Retomada Verde. Foto: Pixabay/Domínio Público

Rebatizado de Vem Pensar com a Gente, o grupo vai funcionar como um canal de interação direto com os repórteres envolvidos na cobertura sobre sustentabilidade e também com o time das redes sociais do Estadão

No TikTok, o #DesafioVerde convida nossos seguidores a mostrar o que têm feito para ajudar o planeta. Os perfis do jornal vão republicar os melhores vídeos que trazem atitudes sustentáveis, como apagar as luzes ao sair dos cômodos e poupar água na hora de lavar a louça, entre outros. Vale mostrar o que você tem feito com as famosas “dancinhas” características da rede, cantando uma música ou usando mímicas, por exemplo. O importante é ser criativo e participar com a hashtag da campanha. Também será possível participar através do recurso Reels, do Instagram

O Drops vai ganhar edições especiais sobre meio ambiente e sustentabilidade ao longo das próximas semanas, em espaço fixo dedicado à Retomada Verde. O LinkedIn vai trazer enquetes e lives com a participação dos editores do LinkedIn Brasil, além de destacar os conteúdos no boletim diário distribuído pela manhã aos usuários da rede social. 

No Twitter, o #EstadaoExplica responde em vídeo as principais dúvidas dos leitores às quintas-feiras, indicadas em enquetes na própria rede.

Tudo o que sabemos sobre:

Jornal vai adaptar estratégias de engajamento para cada rede social

Comunidade no Facebook, desafio no TikTok e Drops especiais no Instagram serão algumas das ações adotadas pelo 'Estadão'

Redação - O Estado de S.Paulo

A interação e a conversa com os leitores nas redes sociais são pilares do projeto Retomada Verde. O jornal terá estratégias de engajamento específicas para cada rede social. 

No Facebook, o grupo que antes era dedicado apenas à discussão sobre coronavírus será ampliado com a inclusão de temas de meio ambiente e sustentabilidade. Criada em abril, a comunidade de 4,6 mil membros poderá continuar a esclarecer dúvidas sobre a pandemia com os médicos Jáder Freitas e Renato Grinbaum, que prestam o serviço de forma voluntária aos leitores do Estadão.

Continua após a publicidade

Redes sociais vão ajudar o 'Estadão' a se conectar com o leitor na discusão sobre Retomada Verde. Foto: Pixabay/Domínio Público

Rebatizado de Vem Pensar com a Gente, o grupo vai funcionar como um canal de interação direto com os repórteres envolvidos na cobertura sobre sustentabilidade e também com o time das redes sociais do Estadão

No TikTok, o #DesafioVerde convida nossos seguidores a mostrar o que têm feito para ajudar o planeta. Os perfis do jornal vão republicar os melhores vídeos que trazem atitudes sustentáveis, como apagar as luzes ao sair dos cômodos e poupar água na hora de lavar a louça, entre outros. Vale mostrar o que você tem feito com as famosas “dancinhas” características da rede, cantando uma música ou usando mímicas, por exemplo. O importante é ser criativo e participar com a hashtag da campanha. Também será possível participar através do recurso Reels, do Instagram

O Drops vai ganhar edições especiais sobre meio ambiente e sustentabilidade ao longo das próximas semanas, em espaço fixo dedicado à Retomada Verde. O LinkedIn vai trazer enquetes e lives com a participação dos editores do LinkedIn Brasil, além de destacar os conteúdos no boletim diário distribuído pela manhã aos usuários da rede social. 

No Twitter, o #EstadaoExplica responde em vídeo as principais dúvidas dos leitores às quintas-feiras, indicadas em enquetes na própria rede.

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Atualizamos nossa política de cookies

Ao utilizar nossos serviços, você aceita a política de monitoramento de cookies.