'Estadão' terá ranking de marcas mais admiradas

Pesquisa do Grupo Troiano de Branding vai eleger as campeãs em 25 categorias; revista 'Marcas Mais' publicará perfil das vencedoras

O Estado de S.Paulo

02 Fevereiro 2015 | 02h04

O Estadão e o Grupo Troiano de Branding se uniram para criar uma nova publicação que traz um ranking das marcas mais admiradas pelos paulistas em 25 categorias de consumo. O Marcas Mais vai identificar a relação dos consumidores com cada marca e explicar por que eles estão mais engajados com algumas delas.

"Por ser um dos maiores produtores de conteúdo de economia e negócios do País, o Estadão entendeu que faltava no mercado um estudo mais profundo sobre as marcas. Desenvolvemos uma pesquisa que realmente analisa as marcas de forma mais holística e completa. O resultado será um relatório de grande impacto e utilidade para os gestores de marketing das principais empresas e agências de propaganda do País", explica o diretor executivo de mercado anunciante do Estadão, Flávio Pestana.

O Marca Mais será mais completo do que os atuais rankings que citam as marcas mais lembradas pelo consumidor, disse o fundador e CEO do Grupo Troiano, Jaime Troiano. "Lembrança não é tudo, pois não significa necessariamente que a marca tem prestígio e boa reputação. Queremos identificar as marcas que mais tocam o consumidor", explica Troiano. "Claro que para estar na lista elas devem ser marcas conhecidas. Mas também devem ser desejadas e ter seus produtos associados a atributos de qualidade e confiança."

A publicação trará um perfil dos vencedores em cada categoria e apontará motivos que justificam que essas marcas sejam campeãs de engajamento. Entre as categorias pesquisadas estão supermercados, fabricantes de alimentos, operadoras de telefonia, universidades particulares e companhias aéreas. Além de um vencedor por segmento, uma marca será escolhida a campeã do ano.

O estudo será feito anualmente e os primeiros resultados serão publicados em abril. Ao todo, 2,5 mil pessoas do Estado de São Paulo serão entrevistadas para a primeira edição. A revista Marcas Mais será vendida nas bancas de jornal e uma versão resumida da pesquisa será divulgada em um caderno especial no Estadão.

Informação relevante. O Marcas Mais poderá oferecer às empresas dados sobre como o público avalia o seu negócio e os dos concorrentes. Será possível identificar, por exemplo, que uma marca representa confiança, mas não é desejada pelo consumidor. "A publicação será uma contribuição do Estadão para o mercado publicitário. A pesquisa apresentará em detalhes a composição da opinião do público sobre determinada marca", afirma o diretor de projetos especiais do Estadão, Ernesto Bernardes.

Além de uma avaliação geral, será possível identificar como cada marca é avaliada por um público segmentado. A visão específica de grupos como jovens, mulheres ou homens sobre uma marca poderá ser mapeada.

Esse tipo de informação é essencial para as empresas na hora de tomar decisões estratégicas relacionadas ao negócio, como mudanças no produto, na embalagem ou na campanha, avalia Troiano. "As empresas estão conscientes que a marca é um ativo intangível e que contribui para o valor da companhia."

Mais conteúdo sobre:
O Estado de S. Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.