REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO

‘Estado’ agora envia manchetes via WhatsApp

A partir de segunda-feira, 28, os leitores vão receber, direto nos seus aplicativos, as principais notícias do dia

O Estado de S.Paulo

24 de março de 2016 | 16h43

A partir da próxima segunda-feira, 28, o 'Estado' começará a enviar as principais notícias do dia para os leitores por meio do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp. Além das manchetes, as pessoas receberão os vídeos mais relevantes da TV Estadão e os áudios das entrevistas mais importantes veiculadas pela Rádio Estadão.

Apenas dois dias após o anúncio, mais de 2 mil pessoas já se cadastraram para receber as notícias do Estado no aplicativo. Para participar, basta adicionar nos contatos do celular o número (11) 99123-8237 e pedir a inclusão no grupo (quem já é adepto do serviço continuará recebendo as notícias pelo número divulgado anteriormente).

Os participantes farão parte de um núcleo de transmissão, ou seja, serão notificados apenas pelo 'Estado', que administra o grupo. As pessoas receberão as notícias em três horários fixos por dia: 8h, 12h e 18h, mas também serão notificadas em caso de notícias de última hora.

“O envio de notícias para os leitores no WhatsApp faz parte de nosso esforço para encontrar novos canais para distribuir notícias”, diz o editor executivo de conteúdos digitais, Luis Fernando Bovo.

Trata-se da segunda experiência do jornal na plataforma de mensagens: em setembro de 2015, dois repórteres percorreram o Caminho de Santiago de Compostela e a aventura foi acompanhada de perto pelos leitores por meio de mensagens, fotos e vídeos enviados por eles via aplicativo.

Pautas. O Estado também quer usar o WhatsApp – que tem mais de 100 milhões de usuários no Brasil – para ampliar o contato com os leitores que desejam sugerir pautas. Para isso, os interessados devem adicionar o número (11) 97069-8639 nos contatos para enviar seus relatos para a redação por meio do WhatsApp.

No smartphone, outra possibilidade é usar o aplicativo 'Você no Estadão', disponível para iPhone e aparelhos com sistema Android. No computador, basta acessar a página do ‘Você no Estadão’, fazer um cadastro e enviar fotos ou vídeos. A colaboração dos leitores pode fazer parte da cobertura no jornal, no portal e nos aplicativos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.