'Estado' é premiado por caderno sobre Nordeste

Caderno 'Na dianteira do crescimento' ganhou o Prêmio Banco do Nordeste do Brasil de Jornalismo, na categoria Extrarregional, com uma série de reportagens sobre a região

O Estado de S. Paulo

07 de novembro de 2014 | 19h47

O Estado, em parceria com a Agência Estado, ganhou o Prêmio Banco do Nordeste do Brasil de Jornalismo na categoria Extrarregional com um caderno especial sobre a região. O caderno "Na dianteira do crescimento", publicado no dia 23 de setembro de 2013, abordou temas discutidos no evento Fóruns Estadão Regiões.

O caderno falou sobre a economia do Nordeste, região que desde 2003 cresce mais do que o Brasil. A região atingiu 13,5% de participação no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. O crescimento ampliou o mercado de consumo nordestino e tem atraído investimentos. Montadoras, estaleiros, fabricantes de cerveja e varejistas, entre outros, ampliam sua presença no local, que também recebe investimentos importantes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 

A série de reportagens mostrou que, apesar das obras do PAC, o setor de infraestrutura logística é apontado com um dos principais gargalos à manutenção desse momento positivo na região. Isso porque os projetos estão atrasados.

"É preciso viabilizar os eixos frontais de logística da região", afirmou José Sérgio Gabrielli, secretário de Planejamento da Bahia e ex-presidente da Petrobrás no evento Fóruns Estadão Regiões -  Nordeste. O Grupo Estado promoveu uma série de debates sobre os dilemas do desenvolvimento regional no Brasil e o Nordeste abriu o primeiro evento, no dia 19 de setembro. 

Outro entrave ao crescimento da região é a educação. "Estamos ficando para trás nesse campo", disse o vice-presidente de Relações Corporativas da Ambev, Milton Seligman, que também participou do evento. 

Confira todas as reportagens do caderno "Na dianteira do crescimento" que debateu estes e outros temas da região.

Tudo o que sabemos sobre:
Nordesteprêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.