''Estado'' vence Prêmio Sebrae em rádio e internet

Vencedores da etapa estadual receberam um troféu, um iPad e o direito de participar da final nacional no mês que vem

, O Estado de S.Paulo

25 de maio de 2011 | 00h00

O Sebrae-SP anunciou ontem, na capital paulista, os ganhadores da etapa estadual do Prêmio Sebrae de Jornalismo. Os vencedores da noite receberam, além de um troféu, um iPad e o direito de participar da final nacional, prevista para o mês que vem em Brasília, que garante prêmios de até R$ 25 mil.

O Grupo Estado foi o vencedor em duas categorias. Em webjornalismo, Nívea Terumi, do portal Estadão.com.br, foi a vencedora, com o simulador financeiro para empresas batizado "O seu negócio na ponta do lápis" (acesse a ferramenta).

Em radiojornalismo, o vencedor foi Wellington Carvalho, da rádio Estadão ESPN, com a reportagem "Apresentando negócios sociais".

Na categoria telejornalismo, o prêmio foi para a EPTV Central, enquanto, em jornalismo impresso, venceu a revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios.

Segundo o superintendente do Sebrae em São Paulo, Bruno Caetano, o órgão sabe da importância da informação para o sucesso de um negócio. "Temos uma pesquisa que indica que, depois do contador e de um empresário do mesmo ramo, os pequenos empresários usam a mídia para buscar informações."

Presença. As micro e pequenas empresas representam uma das principais forças da economia brasileira. No Estado de São Paulo, por exemplo, elas já ultrapassam a marca de 1 milhão de negócios e, juntas, correspondem a 98% das empresas paulistas.

De acordo com o Sebrae, em março de 2011, último dado disponível, o faturamento médio, no Estado de São Paulo, foi de R$ 19,7 mil por pequena empresa.

A receita total dessas empresas, no mesmo mês, atingiu a soma de R$ 26,2 bilhões - R$ 2,1 bilhões a mais do que em fevereiro e R$ 815 milhões a mais do que os valores registrados em março do ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.