Estados e municípios dão a maior contribuição para superávit do setor público no ano

Da alta de R$ 5,8 bi no saldo positivo ao longo dos 4 primeiros meses do ano, R$ 3,2 bi foram obtidos pelos estados e municípios

Adriana Fernandes e Fabio Graner, da Agência Estado,

27 de maio de 2010 | 10h59

Os estados e os municípios foram os responsáveis pela maior parte do esforço fiscal obtido nos quatro primeiros meses do ano. Do aumento do superávit de R$ 5,857 bilhões nas contas do setor publico nos quatro primeiros meses de 2010, R$ 3,207 bilhões foram obtidos pelos estados e municípios. De acordo com dados do Banco Central, o superávit acumulado no primeiro quadrimestre deste ano somou R$ 36,617 bilhões (3,41% do PIB). No mesmo período do ano passado, o superávit estava em R$ 30,760 bilhões, ou 3,18% do PIB.

O esforço fiscal do governo central, por outro lado, foi menor, contribuindo com R$ 3,077 bilhões para o aumento do superávit no ano. Já as empresas estatais contribuíram negativamente para o resultado. Elas tiveram um déficit primário de R$ 427 milhões maior do que o registrado nos quatro primeiros meses de 2009. Enquanto as estatais tiveram déficit este ano de R$ 1,626 bilhão, no ano passado o déficit foi de R$ 1,199 bilhão.

Superávit acumulado está maior do que a meta de 3,3% do PIB

O superávit acumulado no ano está maior do que a meta de 3,3% do PIB, prevista para 2010. Enquanto as contas do governo central acumulam superávit nos primeiros quatro meses do ano de R$ 25,457 bilhões (2,37% do PIB) as contas dos governos regionais registram saldo positivo de R$ 12,790 bilhões, o equivalente a 1,19% do PIB. Os estados contribuíram para o superávit dos governos regionais com saldo positivo de R$ 11,678 bilhões e os municípios com o superávit de R$ 1,112 bilhão.

As empresas estatais, por outro lado, apresentam déficit primário de R$ 1,626 bilhão, nos quatro primeiros meses de 2010. Esse resultado negativo foi puxado pelas empresas estatais federais, que acumulam déficit primário de R$ 2,657 bilhões. Já as empresas estatais estaduais registram no ano um superávit de R$ 1,033 bilhão. As empresas estatais municipais registram déficit primário de R$ 2 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.