Estados terão de formalizar lista para UE até dia 11

O secretário de Agricultura de Minas Gerais, Gilman Viana, informou que os Estados exportadores de carne bovina para a União Européia (UE) terão até a próxima segunda-feira (11 de fevereiro) para enviar a Brasília suas listas de fazendas aptas a embarcar para o bloco. Ele acrescentou que os técnicos dos Estados já estão fazendo uma checagem dos documentos de algumas propriedades e que também técnicos do Ministério da Agricultura farão auditorias por amostragem nessas fazendas.No dia 14, o governo brasileiro vai enviar um novo relatório para a União Européia (UE), com os nomes de 600 fazendas que, segundo avaliação dos Estados e do Ministério da Agricultura, cumprem os requisitos exigidos para exportação de carne bovina para o bloco.Uma primeira lista enviada pelo Brasil, e recusada pela UE, continha o nome de 2.681 propriedades. A UE queria que a lista tivesse apenas 300 propriedades. A proposta foi recusada pelo governo brasileiro e pela iniciativa privada. "Rejeitamos a proposta de fazer essa escolha. Quem tem de fazer essa escolha são os europeus", disse o secretário mineiro.Hoje à tarde, cinco secretários de Agricultura de Estados exportadores de carne para a UE (Santa Catarina, Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás e Mato Grosso) estiveram reunidos em Brasília com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, e com o secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.