Franklyn Reyes/AP
Franklyn Reyes/AP

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Estados Unidos liberam gastos de cidadãos americanos com álcool e tabaco em Cuba

Turistas poderão levar para casa até US$ 100 em produtos e estão liberados para o uso de cartões de crédito em Havana

Agência Estado

15 de janeiro de 2015 | 13h28

O governo dos EUA anunciou que novas regras para reduzir significativamente o embargo comercial e de viagens imposto sobre Cuba entrarão em vigor na sexta-feira.

As medidas incluem permissão para norte-americanos usarem cartões de crédito em Cuba e empresas norte-americanas exportarem algumas tecnologias. Os cidadãos dos EUA também poderão levar para casa até US$ 100 em álcool e tabaco de Cuba, o que significa que o banimento de charutos cubanos está oficialmente encerrado.

As novas regras são o mais recente passo no plano do presidente Barack Obama para restabelecer relações diplomáticas com Cuba depois de meio século de hostilidades entre os dois governos. O anúncio foi feito três dias depois de autoridades dos EUA confirmarem a libertação de 53 presos políticos por Cuba.

No entanto, apenas o Congresso norte-americano pode dar fim ao embargo comercial de cinco décadas contra Cuba. (Fonte: Dow Jones Newswires.)

Tudo o que sabemos sobre:
cuba,eua,embargo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.