finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

"Estamos saindo da crise", diz ministro argentino

O secretário de Finanças da Argentina, Guillermo Nielsen, em entrevista a uma rádio de Buenos Aires, disse que a liberação, pelo FMI, de US$ 12,5 bilhões representa um respaldo da comunidade internacional ao governo argentino. ?A aprovação do FMI mostra claramente que estamos saindo da crise", afirmou. Nielsen está em Dubai, acompanhando o ministro da Economia, Roberto Lavagna na reunião do FMI.Ele espera que o acordo com o Fundo seja um "incentivo para a volta dos investimentos do setor privado". Disse que na segunda-feira o ministro Lavagna dará todos os detalhes da proposta de restruturação da dívida que hoje está em situação de calote com credores privados.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2003 | 16h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.