Estatais dominam leilão de linhas de transmissão de energia

Os consórcios integrados por empresas do grupo Eletrobrás ficaram com quatro dos sete lotes ofertados no leilão de concessões de linhas de transmissão de energia, realizado hoje na bolsa paulista. Outros dois ficaram com empresas espanholas e um com empresas privadas nacionais. Foram arrecadados cerca de R$ 250 milhões, com desconto médio de 36,5% sobre o preço pedido pela Agência Nacional de Energia Elétrica.A agência reguladora classificou como "um sucesso" o leilão, com todas as concessões arrematadas. As empresas serão responsáveis pela construção, operação e manutenção de 1.787 quilômetros de novas linhas da rede básica em oito estados: Paraná, São Paulo, Piauí, Ceará, Bahia, Santa Catarina, Mato Grosso e Minas Gerais. Os empreendimentos deverão entrar em operação até 2005. No leilão, foram declaradas vencedoras as empresas e consórcios que ofereceram a menor tarifa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.