Estatais têm alternativa a leilão de energia velha

O secretário de Energia do Estado de São Paulo, Mauro Arce, disse, nesta segunda-feira, no Rio, que as geradoras do Estado, a Companhia Energética de São Paulo (Cesp) e a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae) podem optar por ?alternativas? ao leilão de energia velha que está previsto para acontecer no dia 30 de agosto.Segundo ele, o governo de São Paulo estuda a utilização de uma licitação própria para a venda de energia das empresas, apesar de a minuta de resolução para o leilão já ter previsto a possibilidade de participação ocasional das estatais no negócio.?Podemos vender por oferta pública um volume menor do que os 25% de energia liberados dos contratos iniciais, como prevê o modelo do leilão?, explicou o secretário, que participou nesta segunda do Energy Summit, realizado pela IBC, no Hotel Sheraton, no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.