REUTERS/Mohamed Abd El Ghany
REUTERS/Mohamed Abd El Ghany

Estatal do Egito produz tablet  para distribuir nas escolas

Dispositivo 'Inar' começou a ser produzido em abril deste ano e terá dez mil unidades produzidas este ano

Reuters,

24 de maio de 2013 | 16h01

EGITO - O ministro das Comunicações do Egito, Atef Helmy, lançou um projeto que promete produzir um tablet com tecnologia local, batizado como 'Inar'.

A empresa pública Katron é a responsável pelo desenvolvimento e montagem da tecnologia. O computador terá 60% de conteúdo local. O sistema operacional foi desenvolvido pelo Google.

O 'Inar' vai utilizar o Android 4.0 e também terá recursos de câmera, conexão wifi e uma tela de 10 polegadas.

O computador faz parte de um projeto educacional para melhorar o acesso às novas tecnologias. Ele será distribuído para alunos da escola secundária e do ensino superior. Até o fim deste ano, o governo promete entregar 10 mil unidades. A meta é produzir 20 milhões de tablets até 2017.

Tudo o que sabemos sobre:
tabletsegitoinar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.