Estimativa indica contração de 5,4% do PIB do Chipre

A economia do Chipre caiu mais profundamente em recessão no segundo trimestre, contraindo 5,4% ante o mesmo período do ano passado, segundo uma estimativa oficial divulgada nesta quarta-feira. No primeiro trimestre, a queda em bases anuais havia sido de 4,8%.

Agencia Estado

14 de agosto de 2013 | 11h36

O declínio entre abril e junho - a oitava contração trimestral consecutiva - é a primeira medição da performance da economia desde o acordo alcançado em março entre o Chipre, a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI) para resgatar a economia.

No primeiro trimestre, a estimativa oficial acabou sendo otimista, projetando contração de 1,4%, quando, na verdade, ela foi de 1,7%.

Em maio, o Chipre recebeu a primeira parcela de 10 bilhões de euros (US$ 13,3 bilhões de euros) do resgate negociado com os credores internacionais para ajudar a economia e o sistema bancário do país.

O Chipre agora aguarda a próxima parcela do pagamento, que precisa ser aprovada por ministros de Finanças da zona do euro após a recente visita dos credores para fazer a primeira avaliação do programa. Segundo projeções dos credores, a economia cipriota deve contrair 8,7% este ano e 3,9% em 2014. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ChiprePIBcontração

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.