Estimativa mostra que PIB alemão cresceu mais no 2º tri

A economia da Alemanha provavelmente cresceu a um ritmo mais forte no segundo trimestre deste ano, segundo relatório mensal divulgado nesta quarta-feira pelo Ministério de Economia do país.

Agencia Estado

10 de julho de 2013 | 11h36

"A economia alemã está desde o começo do ano em trajetória de recuperação", comentou o ministério. "O crescimento econômico, que ainda foi bem moderado no primeiro trimestre devido a questões climáticas, deverá voltar a ser mais forte no segundo trimestre", previu.

Em face do sentimento positivo entre empresas e consumidores, o processo de recuperação da Alemanha deverá continuar, avaliou o ministério.

Por outro lado, o relatório reconhece que a fraqueza da economia da zona do euro continua afetando as exportações alemãs. Além disso, os impulsos de crescimento de economias emergentes da Ásia e da América do Sul podem ser mais fracos do que o esperado, disse o ministério.

"Desta forma, os riscos da economia global estão de certa forma voltando a ser a preocupação principal", afirmou o ministério. "Ainda assim, os indicadores antecedentes ainda sinalizam uma perspectiva positiva para o setor exportador alemão."

Segundo o ministério, o consumo privado continuará sendo o pilar do crescimento econômico na Alemanha. "A continuidade do crescimento das vendas no varejo indica que o consumo privado também contribuirá para a expansão no segundo trimestre." Fonte: Market News International.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaPIBestimativacrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.