finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Estônia entra em recessão

A Estônia entrou em recessão após revelar uma contração de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre, em relação ao primeiro trimestre, anunciou a agência oficial de estatísticas do país. Nos três meses anteriores, a economia teve queda de 1,0%, em bases trimestrais.

AE, Agencia Estado

09 de setembro de 2013 | 13h17

Esse desempenho fraco mais uma vez é explicado pela importação de um momento internacional ruim, afirma o estrategista de investimento do SEB Bank, Peeter Koppel. "Nossos principais parceiros estão sendo prejudicados, e nós também. A Finlândia está em recessão, a Suécia se debate e a Rússia está estagnando", disse.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, a economia cresceu 1% no segundo trimestre, ante expansão de 1,1% no primeiro trimestre, afirmou a agência de estatísticas.

A pequena nação báltica, de 1,3 milhão de habitantes e que se tornou o primeiro estado da ex-União soviética a adotar o euro, é amplamente dependente de exportações.

No ano passado a economia da Estônia cresceu 3,2%, após expansão de 8,3% em 2011. O Ministério das Finanças do país cortou recentemente pela metade a previsão para o PIB neste ano, para queda de 1,5%, devido ao declínio pior que o esperado da demanda e do investimento. No entanto, o Ministério manteve sua previsão otimista de crescimento de 3,6% do PIB em 2014. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Estôniaeconomiarecessão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.