Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Estrangeiro fica com 11,7% das ações ON da Petrobrás

Dados sobre a oferta pública da estatal não consideram o lote suplementar

Luana Pavani, da Agência Estado,

30 de setembro de 2010 | 09h05

A alocação final da oferta pública de novas ações da Petrobrás, sem considerar o lote suplementar, mostra que os estrangeiros ficaram com 11,74% das ações ordinárias (ON, com direito a voto) e 11,23% das preferenciais (PN). A quantidade de papéis da alocação consta de comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta madrugada, após a liquidação da oferta.

Os dados não incluem o lote suplementar, de até 5% das ações originalmente colocadas na oferta, ou seja, 187.997.094 ON e/ou PN, que os coordenadores podem exercer ou não num prazo de 30 dias, via Morgan Stanley, banco que foi contratado como agente estabilizador na oferta. Com o lote suplementar a oferta seria acrescida de R$ 5,308 bilhões, totalizando R$ 120,360 bilhões, conforme registrado na CVM no último dia 23.

A oferta até o momento resultou em R$ 115,052 bilhões. Na oferta internacional (sem lote suplementar) foram colocadas 269.296.750 ações ON de um total de 2.293.907.960, ao passo que a alocação nas PN foi de 200.833.954 papéis de um total de 1.788.515.136 da oferta sem o lote suplementar. Isso resulta na participação de estrangeiros com R$ 7,984 bilhões nas ON e R$ 5,281 bilhões nas PN.

O total alocado na oferta brasileira (novamente, lembrando que é sem lote suplementar) foi de cerca de R$ 60 bilhões em ON (2.024.611.210 ações) e R$ 41,75 bilhões em PN (ou 1.587.681.182 papéis). Da parte dirigida ao mercado, a oferta de varejo teve participação de 0,55% das ON (12.582.560), somando R$ 373,072 milhões, enquanto a fatia do varejo nas PN foi de 2,83% (com 50.546.369 ações), ou seja R$ 1,329 bilhão.

O preço na megaoferta de ações da Petrobrás, a maior operação do tipo já realizada no mundo, foi definido em R$ 26,30 por PN e R$ 29,65 por ON. Ontem, a estatal fechou o pregão com forte alta, tendo a preferencial ganho de 3% e a ordinária de 2,89%, movimentando juntas R$ 3,287 bilhões, ou 35% do giro total verificado na Bolsa.

Também após a liquidação da oferta, a Petrobrás divulgou o pagamento de R$ 67,815 bilhões em títulos públicos no âmbito da oferta. Isso mais R$ 6,991 bilhões transferidos ontem para o governo fecha a conta da cessão onerosa de 5 bilhões de barris de petróleo do pré-sal, no valor de R$ 74,8 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
açõesofertaPetrobrasestrangeiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.