finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Estrangeiros gastaram US$ 380 milhões em cartões de crédito, débito e pré-pagos durante a Copa

Gastos com cartões da bandeira Visa superaram o registrado na Copa da África do Sul, em 2010, em US$ 122 milhões

Yolanda Fordelone, Economia & Negócios

18 de julho de 2014 | 11h24

Durante os 32 dias da Copa do Mundo, os turistas vindos de outros países movimentaram US$ 380 milhões com cartões Visa no Brasil, um aumento de 143% em relação ao mesmo período do ano passado. Os turistas gastaram US$ 122 milhões a mais da quantia computada na Copa do Mundo na África do Sul, em 2010, onde U$ 258 milhões foram movimentados.

Os dados fazem parte do relatório "Onde você quiser estar", divulgado nesta sexta-feira, 18, pela Visa. No cálculo foram considerados todos os cartões da empresa (crédito, débito e pré-pagos).

Na análise sobre as cidades, São Paulo teve o recorde em gastos, totalizando US$ 59 milhões, seguida por Rio de Janeiro (US$ 28,1 milhões), Brasília (US$ 27,6 milhões), Salvador (US$ 15,3 milhões) e Fortaleza (US$ 13,5 milhões).

De acordo com o Ministério do Turismo, o Brasil recebeu mais de 1 milhão de turistas no período do evento, 400 mil a mais que o esperado.

Em relação à origem dos visitantes, a maioria veio dos EUA, o que também se refletiu nos gastos. Americanos lideraram o ranking, tendo movimentado US$ 94,4 milhões.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.