Estudo da Aracruz aponta viabilidade de 3a fábrica no país

A maior fabricante de celulose deeucalipto do mundo, Aracruz, anunciou nesta segunda-feira queconcluiu estudos que apontaram para viabilidade da instalaçãoda terceira fábrica da empresa no país. O projeto com capacidade para 1,4 milhão de toneladas decelulose por ano deve consumir 2,4 bilhões de dólares,incluindo compra de terras, formação de florestas einvestimento industrial, informou a empresa em comunicado aomercado. De acordo com a empresa, a nova unidade poderá serinstalada na região de Governador Valadares, em Minas Gerais,com início das operações previsto para até 2015. A companhia está tomando medidas para ampliar sua baseflorestal na região e para obter licenças ambientais. Aconstrução da nova unidade depende ainda de decisão do conselhode administração da empresa. (Por Alberto Alerigi Jr.)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.