Etanol hidratado fica abaixo de R$ 1 nas usinas de SP

Os preços médios do etanol combustível tiveram forte baixa nas usinas de São Paulo esta semana, com recuo de 8,65% para o hidratado e de 6,11% para o anidro (que é misturado à gasolina), de acordo com o indicador do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), divulgado hoje. O hidratado caiu abaixo de R$ 1,00 o litro, o que não ocorria desde a segunda semana de dezembro de 2009, e foi negociado, em média, a R$ 0,9963, o litro, ante R$ 1,0907 na semana anterior. Já o preço médio do litro do anidro variou de R$ 1,2804 para R$ 1,2022, no mesmo período. Os preços não incluem impostos.

GUSTAVO PORTO, Agencia Estado

26 de fevereiro de 2010 | 18h58

Segundo Ivelise Rasera Bragato, pesquisadora do Cepea/Esalq, os preços dos combustíveis caíram entre segunda-feira e quarta-feira e depois mantiveram uma estabilidade entre ontem e hoje. "As distribuidoras ainda reclamam da falta de interesse do comprador pelo hidratado e ainda dos preços, que não recuam nos postos, disse a analista. Já do lado das usinas, as vendas foram necessárias pela necessidade das empresas em fazer caixa para o pagamento de salários e ainda para preparar o início da próxima safra.

Na próxima semana, várias usinas do Paraná e algumas de São Paulo iniciarão o processamento da safra 2010/2011 de cana-de-açúcar. O Cepea/Esalq divulgou ainda que o preço médio mensal do hidratado recuou 6,44% em fevereiro, ante o valor de janeiro e variou de R$ 1,1712 para R$ 1,0958 o litro nas usinas. Já valor médio do litro do anidro encerrou fevereiro em R$ 1,2976, alta de 0,95% sobre o R$ 1,2854 de janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.