Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

EUA ameaçam tirar Rússia do G8 e bloquear país na OMC

Por conta do conflito no Cáucaso, secretário de Comércio diz que Rússia se encaminha para situação difícil

EFE

23 de agosto de 2008 | 10h55

O secretário de Comércio dos Estados Unidos, Carlos Gutierrez, ameaçou excluir a Rússia do G8 (grupo dos sete países mais desenvolvidos do mundo e a Rússia) em virtude do conflito no Cáucaso. Em entrevista à a próxima edição da revista alemã "Der Spiegel", que começa a circular na segunda-feira, Gutierrez também demonstra a intenção de bloquear a esperada entrada da Rússia na Organização Mundial do Comércio (OMC). "Até agora, os Estados Unidos foram os advogados da Rússia quando o assunto era integrar esse país na comunidade mundial. Apoiamos sua entrada no G e realizamos seu desejo de ingressar na OMC", disse Gutierrez à publicação. Em seguida, o secretário de Comércio adverte que "agora tudo isso está em jogo" e que, nesta situação de crise, o Ocidente não pode começar a retirar opções da mesa. Na opinião de Gutierrez, a Rússia se encaminha para uma situação muito difícil. Por outro lado, o funcionário do Governo americano anunciou que, após o fracasso da última rodada de negociações da OMC, seu país optará por seguir uma política comercial independente. "Os EUA atualmente contam com acordos comerciais diretos com 101 Estados. Acho que devemos seguir por este caminho de maneira agressiva. A via dos acordos comerciais bilaterais entre duas nações demonstrou ser bem-sucedida", acrescentou o secretário de Comércio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.