Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

EUA: atividade industrial tem maior alta desde novembro/2007

Índice subiu para 12,08 em agosto, de -0,55 em julho; emprego e novas encomendas também melhoraram

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

17 de agosto de 2009 | 09h44

As condições para os manufatureiros de Nova York melhoraram pela primeira vez em mais de um ano, alimentando expectativas sobre uma recuperação da economia, segundo a pesquisa Empire State do Federal Reserve de Nova York. O índice de condições empresariais, referente à atividade industrial, subiu para 12,08 em agosto, de -0,55 em julho. O dado de agosto foi o mais alto desde novembro de 2007.

 

Veja também:

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise

 

Economistas consultados pela Dow Jones esperavam que o índice subisse para 2,3. índice de atividade atingiu o recorde de baixa de -38,23 em março.

 

O indicador de novas encomendas subiu para 13,43 em agosto, de 5,89 em julho. O subíndice de embarques avançou a 14,11 em agosto, de 10,97 em julho.

 

O indicador de emprego também melhorou, embora tenha permanecido no território negativo, em -7,45 em agosto, ante -20,83 em julho. O índice de preços recebidos caiu a -12,77, de -8,33. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
indústriaEUArecuperação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.