EUA: Brasil não deve ser considerado "em desenvolvimento"

O subsecretário da Agricultura dos EUA para Serviços Agrícolas Estrangeiros, J.B. Penn, afirmou hoje que o Brasil não deveria mais ser considerado um país em desenvolvimento nas negociações sobre comércio agrícola no âmbito da Organização Mundial do Comércio (OMC). "Não faz sentido o Brasil ser tratado como um país em desenvolvimento, quando tem um sistema agrícola de Primeiro Mundo", disse durante um simpósio internacional sobre adoçantes.Para o presidente da American Sugar Alliance, Carolyn Cheney, as declarações de Penn foram "direto no alvo". "O Brasil domina o mercado mundial de açúcar, sobre a base de um complexo de etanol de cana que é um dos mais avançados do mundo. Seria absurdo tratar o Brasil como um país pobre, como o Mali, nas negociações da OMC", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.