finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

EUA compraram 69,75% dos calçados brasileiros

Os Estados Unidos absorveram 69,75% das exportações brasileiras de calçados no ano passado, segundo a Abicalçados (AssociaçãoBrasileira das Indústrias de Calçados). Em 2000, foram embarcados 162 milhões de pares, que somaram US$ 1,546 bi. Desse total, os EUA compraram US$ 1,078 bi, somando 99 milhões de pares.A Argentina ocupou a segunda posição entre os principais compradores de calçados brasileiros, com 7,98% das compras. O faturamento com as vendas para a Argentina totalizou US$ 123,7 mi, ou 18,9 milhões de pares. O Reino Unido ficou em terceiro lugar, com US$ 100 mi. O Canadá, cujo mercado pode ser prejudicado com a disputa Embraer x Bordardier, foi o quarto maior importador de calçados nacionais, com 2,17% do total. Em 2000, os canadenses compraram 3,4 milhões de pares, gerando divisas na ordem de US$ 33,5 mi.Líder nas vendas - Segundo dados da Abicalçados, o Rio Grande do Sul liderou as vendas externas, com 83,5% do total faturado e 74,6% do volume embarcado. São Paulo foi o segundo colocado , com receita de US$ 135,3 mi. Este Estado perdeu para o Ceará no volume de pares enviados ao Exterior. Enquanto os paulistas embarcaram 15,3 milhões de pares (9,47%), os cearenses enviaram 18,4 milhões, numa participação de 11,37% e faturando US$ 81 mi. O Ceará tem exportado calçados de preço médio menor (US$ 4,39) em relação a São Paulo (US$8,80) e Rio Grande do Sul (10,65).

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2001 | 18h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.