EUA criticam OMC por condenar barreiras ao aço

O governo dos Estados Unidos disse hoje que não concorda com a decisão da Organização Mundial do Comércio (OMC) que declarou ilegal a taxa sobre o aço importado cobrada pelos EUA. O porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan, disse que a tarifa sobre o aço importado é legal e informou que o governo irá estudar a questão antes de tomar alguma medida. Segundo ele, as barreiras sobre o aço foram impostas para que a indústria nacional possa se ajustar à competição dos importados. "As salvaguardas foram colocadas para dar à nossa indústria doméstica uma oportunidade para se reestruturar e consolidar e tornar-se mais forte e mais competitiva, e nós acreditamos que elas são completamente consistentes com as regras da OMC", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.