Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

EUA devem ter 1ª fábrica de etanol de cana em 2009

Abertura é provável por conta dos preços elevados de milho e da soja e das exigências da Farm Bill

DEISE VIEIRA, Agencia Estado

25 de junho de 2008 | 09h25

Uma empresa de Louisiana, nos Estados Unidos, planeja abrir a primeira fábrica norte-americana de etanol à base de cana-de-açúcar no ano que vem. A abertura é provável por conta dos preços elevados de milho e da soja e das exigências da nova de lei agrícola (Farm Bill) no país. A Louisiana Green Fuels pretende produzir uma grande quantidade de etanol a partir de produtos de sacarose da cana, como xarope, melaço e açúcar demerara, e do recém-plantado sorgo doce. A produção ocorrerá em uma destilaria que está sendo construída perto da usina de xarope de cana de Lake Charles-Lacassine, segundo Randal Johnson, consultor da empresa Southern Strategy Group. A fábrica, localizada no parque industrial do município de Lacassine, utilizará equipamento da Índia para produzir 25 milhões de galões de etanol por ano e irá funcionar 300 dias por ano, porque o sorgo rende duas safras por ano, afirmou o consultor.A cana rende uma grande colheita em novembro e dezembro. Os donos da fábrica têm aproveitado o exemplo da "produção bem-sucedida desse tipo de etanol na América do Sul", principalmente no Brasil.Os donos da Louisiana Green Fuels são a Andino Energy (80%) e um grupo de produtores de cana de Lake Charles (20%).Outras fábricasO município de Lacassine irá posteriormente abrigar duas fábricas de etanol de capacidade quase igual. Nos próximos quatro anos, usinas de cana em desuso, que a Louisiana Green Fuels comprou em St. James e Nova Ibéria, voltarão a produzir, de acordo com Johnson.Cada fábrica deverá produzir 25 milhões de galões de etanol por ano. Quando as quatro fábricas estiverem operando, a Louisiana Green Fuels deverá ser capaz de vender 100 milhões de galões de etanol para o mercado de Louisiana e do Texas."O etanol é uma matéria-prima (commodity) comercializável com demanda significativa na região, e será vendido para motoristas no Estado e para fábricas petroquímicas, e também para Baton Rouge e a área de Houston", disse Johnson.

Tudo o que sabemos sobre:
Etanol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.