EUA deveriam adotar pacote de US$ 600 bi em 2009, diz Nobel

Economista Paul Krugman ressalva que isso não evitaria uma recessão, mas ajudaria a torná-la mais suave

Renato Martins, da Agência Estado,

08 de dezembro de 2008 | 15h01

O economista norte-americano Paul Krugman, ganhador do prêmio Nobel de Economia de 2008, disse que o governo dos EUA deveria apresentar um pacote de estímulo à economia de US$ 600 bilhões, equivalentes a US$ 4% do PIB, para 2009, e um outro pacote para 2010. Ele ressalvou que isso não evitaria uma recessão, mas ajudaria a torná-la mais suave.   Veja também: Desemprego, a terceira fase da crise financeira global Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise    Durante entrevista coletiva em Estocolmo, Krugman também disse esperar que os preços dos imóveis residenciais nos EUA caiam mais 10% a 15% e que as três grandes montadoras da indústria automobilística norte-americana estão à beira do colapso. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.