EUA doam US$ 150 milhões para ajudar transição no Egito

O presidente do Egito, Hosni Mubarak, renunciou à presidência depois de ter passado quase 30 anos no poder

Agência Estado,

17 de fevereiro de 2011 | 17h36

O governo dos Estados Unidos doou US$ 150 milhões ao Egito com o objetivo de ajudar seu aliado no Oriente Médio a levar adiante a transição para a democracia depois da queda de Hosni Mubarak, que na semana passada renunciou à presidência egípcia depois de ter passado quase 30 anos no poder.

O anúncio da assistência econômica foi feito nesta quinta-feira em Washington pela secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton. "Tenho o prazer de anunciar que reprogramaremos US$ 150 milhões para o Egito para nos colocarmos em posição de apoiar a transição e ajudar a recuperação econômica do país", declarou Hillary. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.