EUA e China assinam acordo para reduzir tarifas

Estados Unidos e China assinaram um acordo para reduzir tarifas para uma ampla gama de produtos de tecnologia, informou nesta terça-feira Michael Froman, representante comercial do governo norte-americano, em Pequim. O acordo deve cobrir um total de US$ 1 trilhão.

Estadão Conteúdo

11 de novembro de 2014 | 03h16

A intenção dos dois países é expandir o Acordo de Tecnologia de Informação (ITA, na sigla em inglês), um pacto global de tecnologia que cobre semicondutores, aparelhos médicos, aparelhos de GPS e outros produtos mais recentes. O acordo teve ser ratificado em dezembro deste ano.

Os EUA, a União Europeia e o Japão fazem pressão para atualizar o ITA, que foi originalmente assinado em 1997, para conter as tarifas do setor de tecnologia. Mas a China vinha relutando em seguir em frente com essa atualização, em parte por causa do desejo e proteger e desenvolver sua indústria, disseram pessoas que participaram das negociações.

Negociadores norte-americanos e chineses realizaram uma maratona de reuniões no fórum da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec, na sigla em inglês), em Pequim, para chegar a um acordo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAChinaacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.