Marlene Awaad / Bloomberg
Marlene Awaad / Bloomberg

EUA e China traçam plano para Trump e Xi encerrarem disputa comercial em novembro

Esforço é para que as duas partes evitem espiral de tensões comerciais, que podem levar a centenas de bilhões de dólares em novas barreiras tarifárias

Dow Jones Newswires

17 Agosto 2018 | 15h30
Atualizado 17 Agosto 2018 | 15h55

WASHINGTON - Negociadores dos Estados Unidos e da China estão traçando um planejamento para que os diálogos comerciais que serão retomados na semana que vem culminem com uma solução em reuniões entre o presidente americano, Donald Trump, e o presidente chinês, Xi Jinping, em cúpulas multilaterais em novembro, de acordo com autoridades de ambos os governos.

O plano representa um esforço das duas partes para evitar que a espiral de tensões comerciais - que já envolveu bilhões de dólares em tarifas e traz junto a ameaça de centenas de bilhões em novas barreiras - detone a relação entre Washington e Pequim e sacuda ainda mais os mercados globais.

Para pavimentar o caminho para as reuniões de novembro, ambas as partes agendaram conversas entre autoridades de médio escalão em Washington na semana que vem. Uma delegação de nove autoridades chinesas liderada pelo vice-ministro de Comércio, Wang Shouwen, terá encontros com oficiais americanos liderados pelo subsecretário do Tesouro, David Malpass, nos dias 22 e 23 de agosto.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.