EUA estão dispostos a discutir temas agrícolas, diz secretário

O secretário do Tesouro americano, John Snow, afirmou hoje que os Estados Unidos podem se comprometer a reduzir subsídios agrícolas e barreiras não-tarifárias nas negociações para a formação da Área de Livre Comércio das Américas (Alca), além de discutir esses temas na Organização Mundial do Comércio (OMC). "Estamos dispostos a colocar tudo sobre a mesa", disse. Snow, que faz uma visita de trabalho ao Brasil, esteve reunido hoje com o ministro da Fazenda, Antônio Palocci.Principal autoridade econômica dos EUA, Snow disse que, antes de embarcar para o Brasil, teve uma longa conversa com representantes de comércio da Casa Branca, Robert Zoellick. Segundo ele, Zoellick pediu-lhe que repassasse ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao ministro Palocci e a representantes do Congresso "o firme comprometimento (dos EUA) de abrir o comércio em todas as áreas". Segundo o secretário, a "agricultura claramente tem de ser uma delas".Depois do encontro com Palocci, o secretário disse que os resultados das negociações agrícolas e referentes a barreiras não-tarifárias na formação da Alca serão bases importantes para as negociações globais na OMC. "Toda a questão das barreiras comerciais terá de ser negociada em termos de dar e receber."Apesar de o Brasil ter assumido posição contrária ao conflito no Iraque, Snow disse que o governo americano respeita a posição brasileira e que o fato não irá interferir nas relações entre os dois países. "Ficamos decepcionados (com a oposição do Brasil à guerra), mas a respeitamos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.