finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

EUA estão em situação melhor para lidar com a crise na Europa, diz Geithner

Secretário do Tesouro norte-americano avalia também que a relação econômica do país com a China melhorou

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

27 de abril de 2012 | 12h47

O secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, disse que os EUA estão agora melhor posicionados para lidar com a crise da dívida europeia e que a relação econômica do país com a China melhorou.

"O sistema financeiro dos EUA está uma posição muito forte para suportar quaisquer pressões que eles possam ter da Europa", afirmou Geithner, em uma entrevista ao programa de rádio Marketplace da American Public Media.

"Mas é importante reconhecer de novo que a Europa é uma grande parte da economia mundial, então, se eles administrarem mal a crise deles, isso teria um impacto material sobre o crescimento", acrescentou.

Sobre as relações com a China, Geithner afirmou que "a taxa de câmbio do país se valorizou em relação ao dólar, o que é muito bom para nós. Isso significa que o campo de jogo competitivo está se movendo em nossa direção." Ele disse também que "há uma proteção melhor dos direitos de propriedade intelectual na China e menos pirataria contra empresas norte-americanas. Nós temos sido muito agressivos no uso das proteções do direito comercial dos EUA para desafiar as práticas comerciais desleais na China". As informações são da Dow Jones.

 

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaGethnerEUAEstados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.