carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

EUA estendem programa de crédito até 2010

O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) e o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciaram uma extensão até o próximo ano do Programa de Crédito a Termo de Títulos Lastreados em Ativos (Talf, na sigla em inglês), destinado a estimular o fluxo de crédito para empresas e famílias, assim como a financiar o mercado imobiliário comercial.

REGINA CARDEAL, Agencia Estado

17 de agosto de 2009 | 13h13

As autoridades do governo haviam anunciado anteriormente que autorizariam os créditos do Talf até 31 de dezembro. Mas, com os mercados para alguns títulos ainda enfraquecidos, as autoridades decidiram estender os empréstimos do Talf contra títulos lastreados em ativos recentemente emitidos e títulos lastreados em hipotecas comerciais antigos até 31 de março de 2010.

O Fed e o Tesouro também aprovaram uma extensão do empréstimo do Talf contra títulos lastreados em hipotecas comerciais recentemente emitidos (CMBS, na sigla em inglês) até 30 de junho de 2010, ressaltando que novos acordos CMBS podem levar um tempo significativo para serem acertados. "As condições nos mercados financeiros melhoraram consideravelmente nos últimos meses", disseram o Fed e o Tesouro em comunicado conjunto. "Contudo, os mercados para títulos lastreados em ativos (ABS) apoiados por créditos ao consumidor e às empresas e para títulos lastreados em hipotecas comerciais (CMBS) ainda estão enfraquecidos e devem continuar assim por algum tempo."

O Talf foi lançado para aliviar o aperto no crédito e ajudar a economia. É destinado a ajudar investidores a atenderem às necessidades de crédito das pequenas empresas e dos consumidores. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
créditoTalfextensãoEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.