finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

EUA exige pagamento de US$ 863 mi do BofA por fraude

O governo dos Estados Unidos exigiu que o Bank of America (BofA) pague US$ 863,6 milhões por danos depois que um júri considerou o banco responsável por fraude dos títulos lastreados em hipotecas da empresa da Countrywide, afirma reportagem da agência Reuters deste sábado.

WASHINGTON, Agencia Estado

09 de novembro de 2013 | 15h53

Em um relatório do Tribunal do Distrito de Manhattan dessa sexta-feira, o governo norte-americano também pediu o pagamento de multas por parte de Rebecca Mairone, uma ex-executiva da Countrywide também considerada responsável pela fraude, "compatível com a sua capacidade financeira", diz a reportagem.

Ainda segundo a notícia, um porta-voz do banco, Lawrence Grayson, alegou neste sábado que um processo de medidas aos danos decorrentes de um programa da Countrywide durou vários meses e terminou antes do BofA adquirir a empresa.

O Bank of America foi considerado responsável por fraude relacionada a créditos da empresa Countrywide, vendida às financiadoras Fannie Mae e Freddie Mac, em 2007 e 2008. O Bank of America, o segundo maior banco dos EUA em ativos, comprou a empresa britânica em 2008. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUABoFAfraude

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.