finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

EUA fazem recall de 2 milhões de berços após sufocamentos

Pelo menos 4 crianças morreram ao ficarem presas entre as grades e o colchão de berços da marca Stork Craft

estadao.com.br,

24 de novembro de 2009 | 09h53

Depois da fabricante britânica de carrinhos de bebê Maclaren anunciar um recall de 1 milhão de carrinhos nos Estados Unidos devido a uma dezena de casos de bebês que tiveram dedos amputados pela dobradiça, a Comissão de Segurança de Produtos ao Consumidor dos EUA (CPSC, na sigla em inglês) anunciou na segunda-feira, 23, o recall de mais de 2,1 milhões de berços da empresa Stork Craft após casos de sufocamento. Segundo o site do jornal USA Today, trata-se do maior recall de berços na história dos EUA.

 

O alerta envolve 1,2 milhão de berços vendidos nos EUA e quase 1 milhão no Canadá, onde a Stork Craft tem sua sede, fabricados desde 1993. A CPSC disse ter registros de pelo menos quatro crianças que morreram sufocadas no berço. O produto possui uma das laterais móvel - que se move para cima e para baixo - e pode deixar os bebês presos entre o colchão e as grades.

 

A comissão, segundo o jornal New York Times, recomendou aos pais que parem imediatamente de usar os berços, aguardem pelo kit grátis de conserto e não tentem consertar o produto sem o Kit adequado. Os consumidores podem contactar Stork Craft para solicitar o Kit de conserto pelo site da empresa.

 

No caso dos carrinhos de bebê, a Maclaren decidiu estender aos consumidores brasileiros o recall que começou a fazer nos Estados Unidos. A partir desta semana, a empresa vai distribuir aos clientes uma capa protetora para a dobradiça do carrinho - a peça causou a mutilação de dedos de 12 crianças americanas. Para receber o kit, o consumidor precisa em entrar em contato com a Brasbaby, importadora dos produtos Maclaren no Brasil, pelo telefone (11) 3361-3744 ou pelo e-mail brasbaby@brasbaby.com.br. A empresa faça informou que vai avisar os clientes assim que as peças chegarem ao Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
Stork CraftberçorecallEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.