EUA: índice atividade regional Empire State sobe a -5,22

O índice de atividade industrial regional Empire State, medido pelo Federal Reserve de Nova York, melhorou para -5,22 em novembro, de -6,16 em outubro, contrariando a previsão dos economistas ouvidos pela Dow Jones, que esperavam uma leitura de -8,2. É o quarto mês seguido que o indicador fica em território negativo, o que indica contração da atividade.

ÁLVARO CAMPOS, Agencia Estado

15 de novembro de 2012 | 12h22

A queda no indicador está relacionada à passagem da supertempestade Sandy pela Costa Leste dos EUA no fim do mês passado, causando enchentes e apagões, dos quais famílias e empresas ainda se recuperam.

Em uma série de perguntas especiais, o Fed de Nova York perguntou aos empresários como eles foram impactados pelo furacão. Somente 21% das empresas do norte do Estado afirmaram que tiveram prejuízos em suas atividades. Mas na cidade de Nova York, todas as empresas reportaram algum grau de redução na atividade, sendo que os fatores mais citados foram a falta de energia e meios de comunicação.

Entre os subíndices que compõe o indicador, a avaliação de emprego recuou para -14,6 em novembro, o menor nível desde 2009, após a leitura de -1,08 em outubro. O subíndice de novas encomendas subiu para 3,08, de -8,97, ficando em território positivo pela primeira vez desde junho. O subíndice de embarques avançou para 14,6, de -6,40.

O índice geral de expectativas com as condições de negócios nos próximos seis meses caiu para 12,9 em novembro, de 19,4 em outubro. O índice de expectativa dos empregados recuou para -1,1, de zero. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.