coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

EUA isentam nove produtos japoneses das tarifas do aço

Os EUA decidiram isentar nove produtos japoneses das tarifas impostas sobre a importação de aço, segundo informações da agência Kyodo News. A administração do presidente George W. Bush decidiu em março aumentar as tarifas em até 30% para ajudar a indústria norte-americana do aço a se recuperar de uma inundação de importações baratas. Segundo as normas da Organização Mundial do Comércio (OMC), os países podem impor aumentos temporários nas tarifas, conhecidas como salvaguardas, para fornecer tempo às indústrias domésticas se reestruturarem para melhorar a competitividade.Fontes do Ministério do Comércio do Japão afirmaram recentemente que, caso os EUA concordassem em isentar mais produtos japoneses, o país poderia adiar a implementação de medidas retaliatórias para julho ou para data posterior. O montante anual de importação de produtos japoneses recém acrescido à lista de produtos a serem isentos totaliza cerca de 20 mil toneladas, afirmam autoridades do Japão, de acordo com a agência.A última medida dos EUA aparentemente reflete o adiamento por parte do Japão em impor tarifas retaliatórias de 100% sobre as importações de aço norte-americano. O governo japonês anunciou o adiamento na semana passada ao afirmar que os EUA estavam considerando isentar itens de forma "construtiva".Os EUA agora estão estudando os pedidos de isenções de siderúrgicas estrangeiras, de modo que produtos que não podem ser fabricados pelos norte-americanos possam ser remetidos aos usuários dos EUA sem o aumento de tarifas. A lista inicial de produtos a serem isentos das tarifas será determinada no início de julho.As exportações de aço do Japão para os EUA totalizaram cerca de 2,2 milhões de toneladas em 2001, dos quais 1,4 milhão de toneladas estariam sujeitos às tarifas de importação. Os produtos japoneses de aço que receberam isenções totalizam aproximadamente 400 mil toneladas, afirmam autoridades da indústria.

Agencia Estado,

18 de junho de 2002 | 10h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.