Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

EUA melhoram mas setor imobiliário segue fraco, diz Fed

As condições econômicas dos Estados Unidos se estabilizaram ou melhoraram modestamente na maior parte do país, de acordo com um relatório do Federal Reserve divulgado nesta quarta-feira, que sugeriu ainda que a economia está lentamente saindo da recessão.

REUTERS

21 de outubro de 2009 | 16h58

No Livro Bege, compilação de relatórios sobre a economia, que foi preparado pelo Fed de Richmond e que teve como base informações coletadas antes de 13 de outubro, o banco central notou melhora em dois dos mais abatidos setores: o imobiliário residencial e o industrial.

"Relatórios mostrando aumento na atividade econômica superam, em termos gerais, os que revelam perdas, mas virtualmente toda referência de melhora foi qualificada como pequena ou dispersa", afirmou o Fed.

O banco central dos EUA ofereceu uma avaliação ruim do setor imobiliário, que é visto amplamente como um dos que permanecem como um dos mais problemáticos por conta do ainda combalido segmento financeiro.

"O setor mais fraco foi o imobiliário, com condições descritas como fracas ou em deterioração em todos os distritos", afirmou o Fed.

O mercado de trabalho foi caracterizado como fraco ou divergente, embora haja "bolsões ocasionais de melhora". Essa avaliação deu suporte à visão de que o pior no que tange a cortes de postos de emprego já passou, mas que ainda deve demorar para que o número de vagas cresça.

O relatório informou ainda que o programa de incentivo à troca de carros usados esvaziou os estoques na maioria dos distritos, reduzindo as vendas após sua implantação. O gasto como um todo continuou fraco na maior parte dos distritos, embora "algumas melhoras" tenham sido notadas.

No mercado imobiliário residencial, que foi o coração da crise de crédito que provocou a recessão, o crédito fiscal de 8 mil dólares, destinado àqueles que compram pela primeira vez um imóvel, ajudou a aumentar as vendas de casas a médio e baixos preços, afirmou o Fed. Porém, a atividade de construção residencial permaneceu fraca na maioria dos distritos.

(Por Emily Kaiser)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUALIVROBEGE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.