EUA pedem que países se concentrem em demanda global

Os Estados Unidos pediram aos líderes mundiais nesta sexta-feira que aumentem a demanda na economia global, incentivando os países com economias e posições orçamentárias fortes a fazer mais pelo crescimento.

REUTERS

10 de outubro de 2014 | 17h58

"Crescimento fraco de demanda é o principal culpado pela atividade econômica cronicamente abaixo da média em muitos países", disse o secretário do Tesouro dos EUA, Jack Lew, em um discurso preparado para o encontro do Fundo Monetário Internacional (FMI).

"É especialmente incumbente a países com superávits externos e flexibilidade fiscal que acelerem seu apoio ao ajuste global", disse, em uma aparente referência à Alemanha, maior economia superavitária da Europa.

"Reformas do lado da demanda e da oferta estrutural deveriam andar de mãos dadas para estimular crescimento maior", disse, a respeito da Europa.

(Reportagem de Jason Lange)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUALEW*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.