EUA: produtividade do 3º trimestre é revisada para cima

O Departamento do Trabalho dos EUA revisou os números do terceiro trimestre de produtividade da mão-de-obra em alta e o custo da mão-de-obra em baixa. A produtividade da mão-de-obra cresceu à taxa anualizada de 6,3%, ante a estimativa anterior de alta de 4,9%.Já os custos da mão-de-obra caíram 2,0%, ante o cálculo anterior de recuo de 0,2%. Foi a maior queda desde 2003. No segundo trimestre, a produtividade cresceu 2,2% e o custo da mão-de-obra caiu 1,1% - dado revisado. Economistas previam alta de 6,2% na produtividade e queda de 1,5% nos custos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.