Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

EUA querem retomar Rodada de Doha em setembro

Os Estados Unidos querem retomar emsetembro as negociações comerciais internacionais da Rodada deDoha, depois do fracasso da reunião ministerial de julho emGenebra, disse a representante comercial norte-americano, SusanSchwab, ao boletim especializado Inside US Trade, naquarta-feira. Ela afirmou que funcionários de um pequeno grupo de paísesdevem se reunir em setembro para explorar as possibilidades deretomada do processo. A reunião de Genebra foi tratada como"última chance" da rodada antes que o calendário eleitoralnorte-americano atropele as negociações. Segundo ela, a próxima reunião servirá para "testar aseriedade (da intenção) de avançar, trazer novas idéias parasuperar alguns dos problemas que enfrentamos em julho e que naépoca não pudemos superar, e, bem francamente, conter adeterioração e erosão do que estava sobre a mesa em julho",disse Schwab. Na quinta e sexta-feira, ela recebe em Washington odiretor-geral da Organização Mundial do Comércio, Pascal Lamy,que na semana passada esteve na Índia. Discordâncias entre EUA e Índia a respeito de salvaguardaspara proteger agricultores de países pobres contra surtos deimportação foram o principal motivo para o fracasso da reuniãode julho. Vários outros países, especialmente o Brasil, já haviamaventado a hipótese de retomar o processo, aproveitando osavanços ocorridos nas discussões sobre tarifas e subsídiosagrícolas e abertura de mercados industriais. O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, e outrosenvolvidos já apresentaram propostas de conciliação na questãodas salvaguardas a agricultores pobres. De acordo com o InsideUS Trade, Schwab disse torcer para que os participantes doencontro de setembro "limpem o caminho para outra rodada deabordagem ministerial". Mas ela também disse que os EUA têm preocupações com ostermos usados num relatório sobre as negociações industriais, ealertou que um acordo sugerido por Lamy em julho "em grandeparte já se esgarçou".

JONATHAN LYNN, REUTERS

21 de agosto de 2008 | 10h54

Tudo o que sabemos sobre:
DOHAEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.