coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

EUA reconhecerão Rússia como economia de mercado

O governo dos EUA anunciou que reconhecerá a Rússia como uma economia de mercado. O presidente russo, Vladimir Putin, espera que este reconhecimento conduza seu país à condição de membro integral da Organização Mundial do Comércio (OMC). Com o reconhecimento, a Rússia passará a receber o mesmo tratamento concedido pelos EUA a seus outros parceiros em disputas comerciais. O secretário do Departamento de Comércio dos EUA, Don Evans, disse que este passo "reflete as mudanças econômicas da Rússia na última década". A Rússia esperava ter sido reconhecida como economia de mercado no mês passado, durante visita ao país do presidente norte-americano, George W. Bush. Na ocasião, oficiais do governo norte-americano haviam dito que o assunto teria de ser resolvido segundo as leis americanas, que exigem o veredicto do Departamento de Comércio dos EUA. O ministro da Economia e Comércio da Rússia, German Gref, disse que a Rússia já perdeu US$ 1,5 bilhão em exportações anuais nos últimos anos por causa da resistência norte-americana ao reconhecimento como economia de mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.