Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

EUA registram déficit orçamentário de US$ 1,417 tri em 2009

Rombo é três vezes maior do que o recorde anterior de US$ 454,8 bilhões registrado no ano fiscal 2008

Suzi Katzumata, da Agência Estado,

16 de outubro de 2009 | 16h46

O governo federal dos EUA registrou um déficit orçamentário recorde de US$ 1,417 trilhão durante o ano fiscal 2009, encerrado em 30 de setembro, um rombo três vezes maior do que o recorde anterior de US$ 454,8 bilhões registrado no ano fiscal 2008 em meio aos custos de uma recessão, colapso de Wall Street e das guerras no Irã e no Afeganistão, segundo informou o Departamento do Tesouro.

 

Veja também:

especialUm ano após auge da crise, economia se recupera

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialDicionário da crise 

especialComo o mundo reage à crise 

 

Os gastos cresceram 18% no ano fiscal 2009, com o governo federal tendo de socorrer Wall Street e ajudar os americanos a enfrentar o severo declínio econômico. "Foi crítico agirmos para trazer a economia de volta da beira do precipício no início deste ano", disse Peter Orszag, diretor do Escritório de Administração e Orçamento.

 

Em um comunicado conjunto, Orszag e o secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, disseram que os déficits futuros serão muito altos e que a administração do presidente Barack Obama vai trabalhar com o Congresso para reduzir o rombo. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAdéficit orçamentário2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.