EUA: subsídios ao algodão estão dentro das regras da OMC

O vice-representante de Comércio dos EUA, Peter Allgeier, afirmou hoje que os programas de subsídio aos norte-americanos que plantam algodão são "consistentes" com as obrigações do país na Organização Mundial do Comércio (OMC). Na segunda-feira, a OMC anunciou decisões favoráveis ao Brasil na disputa contra os subsídios. "Todos os lados devem examinar (a decisão) com cuidado e então decidir como proceder", disse. Países em desenvolvimento têm pedido aos mais ricos que reduzam os suportes anuais estimados em US$ 300 bilhões dados a agricultores domésticos.O representante de comércio do ministério de Relações Exteriores do Brasil, Adhemar Bahadian, disse que se sente satisfeito com a decisão preliminar da OMC. "É um importante passo à frente, eu acho que não apenas para o Brasil, como para todos os países em desenvolvimento", afirmou. Bahadian disse que é cedo para dizer se o Brasil vai entrar com queixas formais contra os subsídios dos EUA a outros produtos agrícolas. O caso poderá se arrastar por um longo tempo se os EUA decidirem recorrer da decisão da OMC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.