EUA sugerem diálogo entre Kirchner e empresários

O secretário adjunto para Assuntos do Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Roger Noriega, recomendou ao presidente argentino Néstor Kirchner manter um diálogo mais fluido com a classe empresarial e advertiu que a negociação com o FMI é ?complexa e difícil?. Porém, esclareceu que a negociação chegará a um bom final, porque ?as condições são favoráveis?. Noriega reuniu-se com o presidente Néstor Kirchner por apenas meia hora, ontem, enquanto que com o ministro de Economia, Roberto Lavagna, a reunião durou uma hora e meia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.