EUA têm sinais de estabilização no emprego, diz Greenspan

O presidente do Federal Reserve, Alan Greenspan, afirmou que nas últimas semanas houve alguns sinais de que o mercado de trabalho "possa estar se estabilizando". Ele ressalvou, entretanto, que, para que o mercado de trabalho melhore ainda mais, o setor empresarial tem de se tornar mais confiante em que a recuperação econômica não vai fracassar. "Para que os empresários gastem e contratem mais vigorosamente, eles vão precisar se convencer de que o crescimenmto econômico poderá se sustentar para além do curto prazo", disse Greenspan. Ele reconheceu que o crescimento de 7,2% do terceiro trimestre "obviamente não é um rimto que se sustenta no longo prazo". A maior parte dos ganhos de renda pessoal após impostos no terceiro trimestre foi proveniente de cortes de impostos, disse ele. Greenspan alertou também sobre as conseqüências negativas que a espiral de déficits orçamentários poderão ter sobre a economia dos EUA no longo prazo. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.