EUA terão juros baixos por muito tempo, diz Fed de Saint Louis

Os mercados financeiros ainda não entenderam plenamente que o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) está comprometido em manter a taxa básica de juros excepcionalmente baixa, em nível inferior ao normalmente recomendável. A afirmação é do presidente do Fed de Saint Louis, James Bullard.

REUTERS

21 de agosto de 2009 | 22h38

"Não acredito que os mercados tenham realmente assimilado o que isso significa", disse Bullard nesta sexta-feira.

"O que isso significa é que se manterá a taxa baixa, além do ponto em que as regras empíricas diriam que deveria voltar a subir", completou.

As declarações de Bullard indicam que o Fed não terá pressa em elevar os juros quando os sinais de recuperação econômica mostrarem-se mais nitidamente e também tenderá a ser tolerante com o índice de inflação no curto prazo.

Segundo Bullard, que no próximo ano será membro do comitê que define a taxa de juros, o crescimento econômico deverá voltar no terceiro e no quarto trimestre de 2009.

(Reportagem de Mark Felsenthal)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAFED*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.