coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

EUA: venda de moradias atingem 2º maior nível desde 2008

O Departamento do Comércio dos EUA informou nesta quinta-feira que as vendas de moradias novas subiram 2,3% em abril, na comparação com março, para a média anualizada de 454 mil unidades, o segundo maior volume desde julho de 2008. Economistas haviam previsto uma alta levemente menor nas vendas, de 2,2%, para 426 mil unidades.

Agencia Estado

23 de maio de 2013 | 11h40

A mediana do preço de moradias novas nos EUA em abril foi de US$ 271,6 mil, um aumento de 14,9% em relação a um ano antes e o maior nível desde o início da pesquisa, em janeiro de 1963. No mês passado haviam 156 mil novas moradias listadas para venda, segundo dados sazonalmente ajustados, o maior volume desde outubro de 2011. Esse estoque levaria 4,1 meses para ser zerado de acordo com o ritmo atual de vendas.

Segundo o Departamento do Comércio, as vendas de moradias novas subiram em duas das quatro grandes regiões dos EUA na comparação mensal. No Nordeste houve retração de 16,7% e no Meio-Oeste as vendas caíram 4,8%. Já no Sul houve ganho de 3,0% e no Oeste a alta ficou em 10,8%.

Mesmo assim, as vendas de moradias continuam bem abaixo dos níveis históricos. As vendas atingiram seu pico em julho de 2005, a 1,4 milhão de unidades, e depois caíram para a mínima de 273 mil em fevereiro de 2011. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAmoradiasvendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.