Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Euro forte e queda nos preços atingem vendas do Dia no 2o tri

A rede espanhola Dia, de supermercados de descontos, registrou uma pequena queda anual nas vendas e no lucro operacional do segundo trimestre, com o euro forte atingindo os ganhos na Argentina e no Brasil, e diante de queda de preços em seu mercado doméstico e em Portugal.

REUTERS

28 de julho de 2014 | 08h28

As vendas no trimestre encerrado em 30 de junho caíram 2,9 por cento, para 2,0 bilhões de euros (2,7 bilhões de dólares), enquanto o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado caiu 1,4 por cento, para 136,2 milhões de euros, em linha com as estimativas.

O lucro líquido ajustado subiu 2,6 por cento, para 62,4 milhões de euros.

Os números foram ajustados para refletir a interrupção de vendas na França, onde a companhia vendeu sua unidade para o Carrefour em junho.

A margem Ebitda ajustada da companhia subiu 11 pontos-base, para 6,95 por cento, com o Dia reduzindo custos "em um contexto de forte queda nos preços dos alimentos", disse o presidente-executivo da empresa, Ricardo Curras, na demonstração de resultados.

Curras disse que os preços dos alimentos caíram 4 por cento na Espanha no segundo trimestre sobre um ano antes. "Embora acreditemos que a deflação continuará no terceiro trimestre, esperamos ver alguma melhora no último trimestre do ano", disse ele.

(Por Paul Day)

Tudo o que sabemos sobre:
VAREJODIARESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.