Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Euro valorizado prejudica França e beneficia Alemanha

O euro valorizado afeta as exportações da França. Para reduzir o impacto do câmbio, Paris reage com um pacote de medidas para tentar dar competitividade ao setor exportador. Ontem, o governo francês anunciou que o déficit comercial do país já superou a marca de 15 bilhões no primeiro semestre. Já a Alemanha divulgou ontem também o resultado de sua balança comercial e, apesar de enfrentar os mesmos problemas com o euro, consegue resultados que estão surpreendendo e chegam a um superávit de 97 bilhões no primeiro semestre.Na França, o déficit comercial foi de 3 bilhões em junho, agravando a situação e exigindo que o novo governo de Nicolas Sarkozy anuncie medidas para compensar a perda de competitividade diante da valorização do euro em relação ao dólar. A moeda européia atingiu seu nível máximo nos últimos dias, superando a marca de 1,37 por dólar. O pacote inclui a simplificação de procedimentos burocráticos, o desenvolvimento de pesquisa e até a redução de impostos para os exportadores, uma das promessas do presidente francês durante a campanha eleitoral. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

JAMIL CHADE, Agencia Estado

09 de agosto de 2007 | 08h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.